Poesía
Poem for the Weekend: Fernando Pessoa, "Chove. Há Silêncio"

Poem for the Weekend: Fernando Pessoa, “Chove. Há Silêncio”

Chove. Há Silêncio Fernando Pessoa Chove. Há silêncio, porque a mesma chuva Não faz ruído senão com sossego. Chove. O céu dorme. Quando a alma é viúva Do que não sabe, o sentimento é cego. Chove. Meu ser (quem sou) renego… Tão calma é a chuva que se solta no ar (Nem parece de nuvens)...
Poem for the Weekend: Gabriela Mistral, "Desolación"

Poem for the Weekend: Gabriela Mistral, “Desolación”

Desolación por Gabriela Mistral   ¿A quién podrá llamar la que hasta aquí ha venido si más lejos que ella sólo fueron los muertos? ¡Tan sólo ellos contemplan un mar callado y yerto crecer entre sus brazos y los brazos queridos! Los barcos cuyas velas blanquean en el puerto vienen de tierras donde no están...